sexta-feira, 28 de março de 2014

Os efeitos de estar a ficar cota

- Nos concertos, dou por mim a querer pagar mais para mão ficar em pé e não ter de levar com gente a passar, empurrões e pisadelas a noite toda. Penso também em breve começar a pagar aqueles lugares marcados onde não é necessário chegar 2h antes.

- Penso duas e três vezes antes de ir sair à noite (quando sei que se vai arrastar até tarde), sabendo que no dia seguinte tenho de me levantar cedo para trabalhar. Normalmente a resposta é negativa.

- Deixei de gostar de carros desportivos. Gosto de carrinhas, SUV's e por aí fora.

- Preocupo-me com questões como a natalidade do país, a reforma da SS.

- Quero ter filhos em breve se possível. Antes, essa realidade era bastante longínqua.

- Dou por mim a não comprar esta ou aquela peça de roupa mais cara, porque afinal não preciso assim tanto e devo é começar a juntar para um pé de meia.

E vocês? Em que mudaram?

4 comentários:

GATA disse...

Errr... tirando o facto de ter feito um PPR, continuo adolescente! :-)

Sónia TM disse...

Em relação a bares, saídas à noite... também dou muito valor a estar num sitio onde consigo conversar sem ser aos berros e sentar-me sempre que me apetece, são os 30... :)

Sónia
Taras e Manias

Same Old Guy disse...

Quando fico feliz que chegue sexta feira para poder calçar as pantufas e ver séries ;)

C*inderela disse...

Eu pago lugares sentados mas quando o concerto começa o pessoal mete-se de pé, logo sou obrigada a assistir de pé se quero ver alguma coisa. E tenho tido o azar de calhar em filas com pessoas com bichos no cú que não param quietas no sitio, passam a vida a sair e a entrar.