quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Das coisas que me fazem revirar os olhos #1

Pessoas, normalmente sem filhos, dizerem que os animais são os seus filhos e substituem uma criança.
Não, meus amigos. Não.
Eu sou voluntária em associações de animais, gosto imenso de animais, tenho animais em minha casa e tenho uma relação profunda com eles, mas não substituem um filho, isso dê lá por onde der.
Portanto quando afirmam que sim, que é a mesma coisa, apetece-me perguntar de quanto tempo foi a gestação do cãozinho.

4 comentários:

Orquídea disse...

eu disse uma vez (e não há muito tempo) que o meu gato não é um filho..mas não fica muito longe! Se substitui?! NUNCA! Mas é bom na mesma a companhia deles :) e gosto mesmo muitoooo dele :D

Teresa disse...

Não tenho paciência para essa gente! E tratam os animais como crianças! Meeenos!!

Marta Moura disse...

Não tenho filhos e tenho uma gata que adoro de paixão. Mas daí até a comparar com uma criança vai um grande passo!

L. disse...

Tambem nao acho que seja a mesma coisa, em absoluto, por maior carinho e amor que se tenha pelo animal, mas va la, fazer o que, cada um com seu cada um.