segunda-feira, 29 de junho de 2015

Há dias assim, em que me apetece chorar

Nem sei se me apetece chorar de alegria, de tristeza ou lá o que é. Só sei que nunca fui tão feliz em toda a minha vida como fui nestes últimos 15 dias. Foi o segundo período de licença do meu marido, e aproveitámos muito. Passámos uma noite só os dois, foi muito bom e estávamos a precisar. O menino cada vez chora menos e já ri que se farta. Somos uma família muito feliz. E por isso mesmo, agora que o meu marido vai voltar a trabalhar, sei que esta harmonia termina, para dar lugar os dias em que o tempo em família é curto, e em que as noites são mais mal dormidas.
É o motivo pelo qual me apetece chorar.
Vai ser bonito quando for a minha vez de voltar a trabalhar. Vai vai.

2 comentários:

Timtim Tim disse...

Quando tive as minhas filhas, apetecia-me sempre chorar ao Domingo à noite. Passava os dias ansiosa por sexta ao fim da tarde. Mas adorei começar a trabalhar.

C*inderela disse...

Vai tudo correr, mesmo sem a ajuda do teu marido 24h por dia, as coisas vão entrar nos eixos. Custa ao inicio, principalmente quando se trata de uma fase tão bonita, mas depois adaptam-se. As rotinas terão que voltar ao normal mas agora têm um extra para vos fazer sorrir, ter motivos para chegar mais depressa a casa. Não sofras por antecipação.

Bjokas*