sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Da minha relação sempre muito problemática com as companhias de transporte de mercadorias- Seur

Eu e as companhias de transporte de mercadorias não nos damos bem. Pronto, é um facto, e nada mais há a fazer.
Elas acham que tem de ser tudo à maneira delas, como elas querem e como lhes dá jeito. E eu detesto instituições burocráticas e inflexíveis. Está bom de ver que não dá resultado, não é?
Ora o que se passou desta vez... Como vos disse, acabei por comprar aquele vestido preto de renda da Mango. Inocentemente, coloquei como morada de envio a minha própria morada. Ontem, os senhores da Mango e os senhores da Seur mandam-me um email a dar conta que a minha encomenda já saiu do armazém e será entregue hoje. Tudo muito certo.
Hoje de manhã ligo para a Seur, a perguntar sobre a hora de entrega da mercadoria. Dizem-me que será algures entre as 14h e as 19h. Hmmm. Começo a pensar que era impossível serem mais específicos. Explico que me é impossível garantir que estará alguém nessa morada durante toda essa janela de tempo, e peço uma de duas coisas: ou me dão um intervalo de tempo mais reduzido, ou me deixam alterar a morada de entrega. Não e não. E não há mais conversa, que os procedimentos da empresa são assim e assado, que eles não podem dar um horário aproximado de entrega porque a culpa é da Mango que contrata assim o serviço, e que eu também não posso alterar a morada de entrega, que tem de ser a Mango a fazê-lo.
Muito bem. Às 10h da manhã entro de imediato em contacto com a Mango, para alterar então a morada de entrega. Eles dizem que sim senhor, que como ainda faltam algumas horas para as 14h, provavelmente ainda o conseguirão fazer. Peço a máxima urgência e dizem-me que sim, e que me enviam um email a dar conta da alteração da morada de entrega.
Ok. Aguardo. O email não chega. Ligo, à hora de almoço, novamente para a Mango. Informam-me que já fizeram o pedido à Seur, e que, portanto, estão à espera da resposta da transportadora. Ligo novamente para a transportadora para tentar imprimir alguma urgência no processo, dando conta que a Mango já fez a parte que lhe competia, e que apenas aguardavam resposta de parte deles. Informam-me que a Mango é cliente da Seur Barcelona, e não da Seur Porto, e que portanto, eles em Barcelona têm de receber o pedido, e encaminhá-lo para a Seur Porto. Peço, como são quase 14h e a mercadoria pode partir para expedição em breve, se podem contactar a Seur Barcelona por especial favor, com o intuito de confirmar que o pedido foi feito, para que a minha mercadoria possa seguir para a nova morada. Não, não podem. Os procedimentos, esses autênticos mandamentos biblícos, não o permitem. Tem de ser a Seur Barcelona a contactar a Seur Porto, e nunca, Deus nos livre, NUNCA o contrário. Insisto, e explico que me dava jeito receber a mercadoria hoje, e que é uma poupança de recursos para todos, visto que me explicaram que a mercadoria seguirá na mesma para a nova morada, independentemente do meu pedido, e independentemente de não estar ninguém na morada para receber a mercadoria. Não senhora, não pode ser. A mercadoria vai seguir o seu curso normal, vai para a morada antiga, e na segunda-feira a mesma coisa, e na terça-feira a mesma coisa, até que entretanto a Seur Barcelona resolva informar a Seur Porto do pedido de nova morada, e apenas aí sim, os santos procedimentos poderão permitir a alteração de morada de destino.
Dizem-me que não há nada que possa fazer, que "tenho de aguardar". Pergunto quanto tempo demora a que alterem a morada. Não sabem. Tenho de aguardar. Pergunto o que acontece se neste tempo em que tenho de aguardar, a Seur Barcelona não informa a Seur Porto da alteração de morada, sendo que ninguém está em minha casa em horários alargados de expediente. Dizem-me que a mercadoria vai para trás, para a Mango.
Ameaço com uma reclamação, porque não faz sentido o cliente pedir uma alteração de morada, e por uma qualquer inércia de procedimentos, correr o risco de ver a sua mercadoria mandada para trás. Dizem-me que sim, que posso reclamar à vontade, mas que não vai adiantar de nada.
Se queria que a mercadoria fosse para uma morada diferente, tinha de tê-lo feito no momento da encomenda. E é assim, comes e calas.
Pois... E se eu adivinhasse o euromilhões estava rica.

Portanto meus caros, conselho: quando encomendarem algo pela net, que não venha pelos CTT com os famosos avisos de recepção (atenção porque mesmo esses têm limite de levantamento de 6 dias, caso contrário vão para trás e não, não há nada que possam fazer, os procedimentos, sempre eles...), e venha por uma companhia de transporte, coloquem uma morada em que saibam estar sempre gente, noite e dia, porque nunca se sabe quando os senhores resolvem passar. Se por algum motivo precisarem de alterar a morada de entrega... Arderam.
Simples, não é?
E pensar que tudo o que consegui com todos estes telefonemas, foi ficar sem a mercadoria (sei lá eu quando a vou receber...), e gastar saldo de telemóvel.
Aaaaahhhh como adoro as companhias de transporte de mercadorias!

3 comentários:

Anónimo disse...

A SEUR é um espectáculo, certifico sim senhor.

Nas múltiplas entregas que já tive de "sofrer" através deste serviço, acontecem sempre coisas hilariantes, dignas de roteiro de programa cómico, mesmo.

Um clássico, recorrente, é o envio para o meu endereço de email de aviso intitulado "A SEUR informa" que, invariavelmente, tem o corpo da mensagem em branco.

Questionei-os uma vez acerca do fenómeno e a resposta da operadora foi "Ah, acontece, acontece...julguei que já tinham (!)resolvido isso.

Outro mimo é a patética e completa incapacidade dos seus estafetas de encontrarem a minha morada no centro de Cascais, um nome de rua que existe há, pelo menos, 40 anos.

Ligam-me, sistematicamente perdidos e a carpir-se que o GPS deles (...deve ser feito em Barcelona...) indica a rua como sendo de Talaíde, Tires, Parede, eu sei lá...Quando lhes digo para usarem o telemóvel para a encontrarem em 5 segundos no Google Maps parecem não conseguir abarcar o conceito.

Uma vez tive um pobre desgraçado que andava às voltas há tanto tempo e já me tinha telefonado tantas vezes que, quando disse que estava em frente aos Correios, pedi-lhe para não se mexer mais.

Fui eu ter com ele.

Anónimo disse...

Deixo-lhe uma dica. Tente saber se é sempre o mesmo funcionário que faz as entregas na zona e peça o contacto dele, assim poderá agendar melhor. É assim que eu faço com a DHL, ou então deixo um papel na porta do prédio para entregar no café da esquina.
(Já pensou se todas as pessoas decidissem alterar a morada de entrega como seria caótico gerir a situação?)
Teresa

sramos disse...

Eu não me posso queixar, tenho mandado vir algumas coisas e os senhores da transportadora têm ligado sempre antes da entrega e se não podem esperar ou ir até ao local onde estou, já chegamos a combinar a meio do caminho.