quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Os provadores em geral, obras realizadas por homens, é que só pode

Este problema persegue-me desde sempre. Não tinha falado dele ainda aqui no blog, mas é algo que nunca deixou de acontecer, em momento algum. Falo da minha incapacidade para fechar completamente a cortina de um provador. Eu puxo, puxo e repuxo, sacudo, volto atrás e... Nada. Continua sempre ali uma frincha aberta que para quem olhar com atenção, poderá ser o canal Playboy não pago. Sinto-me sempre desconfortável a experimentar roupa, precisamente porque como não consigo fechar completamente a cortina, tenho medo que algum maluco vá por ali fora e abra a cortina dando comigo em trajes menores (o que já aconteceu, não perguntem, foi muito traumático). Ora, deve ser por isso que muito raramente experimento o que quer que seja nas lojas. Ontem, contudo, experimentei. Fui à Zara e gostei de inúmeras peças, muitas delas calças, pelo que era mais arriscado levar sem experimentar. O medo, o terror voltou novamente. Isso, e a falta de capacidade para fechar a cortina. Não dá. Não conheço ninguém que consiga fechar aquilo direitinho.
E vocês, conseguem fechar a cortina?
Tenho para mim que não. E, claro, cheira-me que esta obra foi feita assim de propósito pelos homens, só pode.

10 comentários:

Pi Maria disse...

Tens razão, fica sempre alí uma frinchinha, que dá perfeitamente para que as pessoas de fora nos vejam :/ Normalmente, na parte que fica ainda aberta, eu costumo colocar alí um banco, o que está connosco dentro do provador, e aquilo quase tapa tudo. Também peço muitas vezes ao meu namorado, que vai praticamente sempre comigo às compras, para se encostar a essa parte e assim aquilo fica tapado :D

Orquídea disse...

eu levo sempre o moçoilo atrás...ele fica a segurar, assim ninguém me espreita xD hihih

Anónimo disse...

É verdade sim senhora. E enerva que chegue! Arre!

Nada disse...

O truque é nunca ir sozinha às compras ou ganhar uma elasticidade estranha...para puxar a cortina com a perna quando se experimentam tshirts...e com um braço livre quando estamos a experimentar calças. Na pior das hipoteses há desequilibrio e ficamos de calças na mão esticadas ao comprido nos provadores

Anónimo disse...

Eu consegui. Ai, que agora me senti um ser estranho.
Aquilo tem uma técnica, que consiste em virar a pontinha do pano para dentro. Pelo menos comigo resulta :p

Andreia

S* disse...

Não sei porque não usam portas...

ML disse...

Tchii estava a ver que era só eu!

C*inderela disse...

Na maioria das lojas é assim, é por isso que não vou sozinha às compras, fica sempre alguém a controlar :P

Portuguesinha disse...

Sim, fecho. Estico aquela porcaria até perceber que encosta muito bem e não existem brechas.

Mas eu tenho outras formas de lidar com isso. Primeiro trago sempre roupa por baixo quando sei que pretendo experimentar roupa em lojas. Assim mesmo que espreitem nem verão pele. Usa colans e uma camisa interior e todos os teus problemas ficam resolvidos.

Mas eu também imagino que cada provador tem uma câmera oculta, pelo que isso da cortina é apenas uma das formas de estares a ser observada.

Porém pouco me afligem estas coisas porque não gosto de provar roupa e muito menos tenho muita paciência para a comprar. Mas a fazer é como disse, sempre vestida. Principalmente em provadores das lojas dos chineses :D Provadores que não fiquem contra uma parede em que saiba o que está do outro lado deixam sempre margem para dúvidas ehehe.

VitorFTD disse...

Já agora deixo a minha achega, já pensaram no livro de reclamações? Em Portugal parece que temos medo de o usar mas é para isso que ele existe.
Eu sou homem mas também gosto da minha privacidade. :)