quarta-feira, 16 de julho de 2014

Enquanto isso, no meu emprego actual...

O meu chefe está convencidíssimo que contratou uma secretária/ assistente pessoal. Com todo o respeito pelas pessoas cuja profissão é essa, claro está. E perguntam vocês, porque é que ele está convencido disso?
Ora porque o senhor agora quer que eu lhe vá à Segurança Social tratar de um assunto pessoal. E quer que eu lhe faça umas compras através do Continente Online para lhe entregarem em casa. E quer que eu trate dos serviços de casa dele de televisão e internet.
E eu penso que claramente ou eu ou ele, um de nós está errado, que a minha função não abrangia tais tarefas, que por muito boa vontade que uma pessoa tenha também não foi isso que me venderam quando aceitei vir para cá trabalhar.
E dou por mim a ter saudades da minha empresa antiga, o que não é bom amigos, não é bom...

4 comentários:

Ella disse...

A isso chama-se abuso de poder, não tens que lhe tratar de assuntos pessoais, no máximo podia atribuir-te mais responsabilidades para que ele tivesse tempo de tratar desses assuntos...

Morango Azul disse...

Estás tramada. Pequenas empresas é assim. Muito "tu cá tu lá" e o patrão pensa que os funcionários são sua propriedade.
Se ao menos te pagar bem... já não é mau. Se te mandar fazer isso dentro do teu horario de trabalho, também não é mau.
Que vais fazer? Aguenta, ou pede a ualgum colega do outro emprego para trocar contigo... a ver se trocam..nã...queixam-se mas afinal até sabem o bem que estão.

Anónimo disse...

Mais uma vez, revejo-me no que escreves... :(

Portuguesinha disse...

Ah, mas existe algum lado em que é diferente? Isso de mudar de empresa a se julgar que muita coisa vai ser melhor parece-me utopia nos dias de hoje.

Confissão: eu trabalhava numa empresa em que fazia muitas horas, cumpria mais do que o meu horário de trabalho, sofria de bullyng, executava mais do que as minhas funções e mesmo assim ainda apontavam o dedo. Fiquei desempregada e agora estou a trabalhar numa empresa que não tem NADA a ver com NADA do que poderia fazer dentro daquilo em que me formei.

Mas GOSTO.
E sabes porquê? Gosto porque é um tipo de trabalho específico e não tens de fazer nada para além do estipulado. Não se pára mas se tem horário que é cumprido à risca. E ninguém te diz nada por o cumprires.

As pessoas de lá que não conhecem muita outra coisa queixam-se. Mas eu sei o quanto é bom ter horário e picar o ponto.

Tomara que continue :D XXX