sexta-feira, 2 de agosto de 2013

O voluntariadozinho de bardamerda

Há gente que não tem mesmo noção de si própria. Gente que enche a boca para dizer coisas positivas a seu respeito, que ajuda muito, que faz muito, elas são sempre o exemplo da suma santidade. É Deus nosso senhor no céu e elas na Terra.
Ontem, ligou-me uma dessas pessoas, queixando-se que um cão apareceu nas imediações do seu bairro, podendo estar perdido ou abandonado. Disse-me para ir lá buscar o cão. Expliquei à dita pessoa que por motivos pessoais e profissionais não podia lá ir aquela hora, mas pedi-lhe para se possível alimentar e dar água ao cão, e mandar-me uma foto para ajudar a divulgar, não fosse o caso de o bicho estar apenas perdido, e não ter sido abandonado. Acham que o fez? Nada disso. Começou a arranjar desculpas e mais desculpas, que isto, que aquilo, e eu encolhi os ombros e contactei com outras pessoas de forma a saber se podiam lá ir visto que eu não podia, dado que me passaram a batata quente para a mão.
Mas a dita pessoa, que não podia dar água ou alimento ao cão, foi célere no insulto gratuito e fácil no meu facebook pessoal. Diz tal pessoa que Deus tenha piedade de mim, pois todo o mal me pode agora vir visto que abandonei à sua sorte um ser vivo, e que eu não tenho respeito nenhum pelos seres vivos.
Olha, foda-se, sim??
As pessoas gostam muito de dizer que fazem e acontecem, mas daí a fazer mesmo vai um grande passo, é muito chato, dá trabalho, mais giro é esperar que os outros resolvam os problemas e depois dizer que foi próprio, que ajudou com tudo.
Pessoas dessas podem ir à bardamerda, que não tenho estômago para isso.

6 comentários:

Morango Azul disse...

Há povo com muita lata.

Jovem $0nhador@ disse...

Há gente que só fala porque tem muito que se lhe diga...

S* disse...

Oh querida, as pessoas são todas boazinhas... mas só na teoria.

Rekinh@ disse...

Do dizer ao fazer vai uma grande distância, quem muito fala pouco faz e é verdade. Oh god gentinha imbecil.
Gostei do blog :)
Se quiseres passa no meu

cinquentinha disse...

Infelizmente também conheço umas quantas pessoas assim :S É triste!

Bocagiano disse...

Vim aqui parar e com este texto ficaste apresentada. :)
Gostei e vou espreitando.