terça-feira, 30 de julho de 2013

Em espera

Neste momento da minha vida, sinto-me em espera. Tudo está em espera, nada se vai concretizar para já. Por isso continuo à espera.
À espera de um aumento salarial que não virá. À espera de uma promoção que, se o rei fizer anos, poderá ser daqui a um ano ou então não. À espera que chegue o casamento, porque à conta de pouparmos para o casamento, não podemos fazer férias para além das que fizemos (estivemos 3 noites em hotel e a curtir largo, há quem não tenha nada, é uma verdade...), não podemos ter uma excentricidade, não posso comprar uma peça de roupa.
E é oficial, quero ter filhos. Por mim começava a tentar engravidar amanhã. Mas não posso.
Estou em espera. Temos de poupar para o casamento porque eu quero ter férias num destino paradisíaco sem filhos, quero casar ainda sem filhos, quero que engravidar não seja sinónimo de me tapar uma potencial promoção no próximo ano (se bem que tapará outras coisas e outras promoções, e até pode tapar essa tal se não for bem feito, mas isso são outros quinhentos). Quero ainda viajar para sítios que não conheço, e para outros a que gostaria de voltar.
Mas não posso para já.
Quero emagrecer. E apesar de estar a esforçar-me para isso, os resultados não são visíveis da noite para o dia.
Acho que estou aborrecida de estar à espera. A minha vida está à espera que x ou y aconteça, bem sei que não nos devemos reger por aí e aproveitar o momento, eu sei, mas tudo aquilo que eu quero está em espera. E é aborrecido.
Logo eu que odeio esperar.

6 comentários:

Noa disse...

E a sensação deve ser horrível.

Karina sem acento disse...

Eu também não gosto de esperar, sou muito impaciente. Mas, como se costuma dizer, quem espera, sempre alcance. Espero bem que sim!

Scarlet Red disse...

Força, aguenta firme ;) é de repente que tudo muda.

Morango Azul disse...

Lamento e olha...força.

*C*inderela disse...

Com calma tudo se faz. Começa a treinar na lua de mel :P Em relação às viagens sempre poderás fazer com filhos, em relação à promoção é que poderá ser mais difícil porque tendemos a ser discriminadas :(

Boa sorte com todos os teus objectivos.

umcasulocomvaranda disse...

É horrível termos a vida em stand by. Se é para ser, que seja agora, se não é para ser, que saia logo o "não". Dizem que quem espera sempre alcança, mas eu cá acredito mais que quem espera desespera.