quarta-feira, 16 de setembro de 2015

O que eu queria mesmo

Era que me saísse o Euromilhões.
Mas ao contrário de antigamente, nem era para poder fazer viagens à volta do mundo, constituir uma empresa... Não.
Eu queria era poder passar todas as minhas horas junto de quem amo.
E depois... Depois logo se via, se viajávamos, se abriria uma empresa e criava postos de trabalho, se doaria a maior parte do dinheiro a causas sociais. Logo se via.
Mas para já, aproveitaria estes tempos com a maior das calmas, porque as horas passam devagar mas os dias passam a correr, e o meu filho já tem 5 meses, e eu era capaz de jurar que ainda ontem ele tinha 2 dias.

2 comentários:

Segredos disse...

Também queria, dizem que devia sair a quem mais faz falta... Onde está ele quando eu preciso? :)

Anónimo disse...

Doar a causas sociais?!! Tá queto!! Eu deixava mesmo era de trabalhar, de vez. Estou farta. Ainda por cima detesto o meu emprego e, com a minha idade, já não tenho hipótese de mudar.