quarta-feira, 3 de junho de 2015

Coisas absurdas que as pessoas dizem

Eu gostava que me explicassem o motivo pelo qual algumas pessoas acham que podem mandar bitaites não solicitados a mulheres que acabaram de ser mães. Para além dos familiares e amigos, cujos comentários eu normalmente respondo com uma boca ou reviro os olhos e ignoro, tenho reparado que pessoas que eu não conheço de lado nenhum, não se coíbem de efectuar comentários sobre o meu filho e a maternidade em geral. E quem são essas pessoas? Pois é, adivinharam, pessoas idosas. Eu não percebo, a sério que não. Eu devo ter um íman que atrai tudo quanto é velho chato, maluco, presunçoso, intrometido. Já o Bomboco diz que não percebe como é que eles vêm todos ter comigo. Eu acho que as pessoas de idade chegam a uma fase da vida em que já não têm filtros. E então começam a dizer tudo o que lhes apetece, apropriado ou não. Para além disso, antigamente, as pessoas achavam-se no direito de dizer as maiores barbaridades, adicionando ao facto de essas pessoas serem, normalmente, pessoas com baixa escolarização e nível de cultura geral, o que conduz a que muitas vezes acabem por cair nos ditos populares sem qualquer fundamento.
Sempre que saio com o miúdo à rua, sei que, para além das fraldas e restante parafernália infantil, tenho de levar também comigo uma boa dose de paciência. Partilho convosco alguns dos melhores comentários recebidos até hoje, de gente que, sublinhe-se, eu não conheço, nunca vi mais gorda, e não pretendo conhecer (tudo dito por idosos):

- A propósito de uma saída ao início da noite, em que estávamos eu, o miúdo, e Bomboco, sendo que eu ia a empurrar o carrinho. Velhota "aiii menina, agora a noite não convém ser a menina a empurrar o carrinho! Tem de ser o pai!" Perante a minha cara de estupefacção, diz a velha "diz que não é bom!". Pronto, sendo assim fico mais esclarecida.

- Na sala de espera do hospital, em que o miúdo já tem um mês, recebo o seguinte comentário "que menino tão lindo! É prematuro?" Eu respondi que não. Diz a velhota "ah, mas parece". Respondo eu que nem tudo o que parece é, e a velha cala-se. Refiro apenas que nesse mesmo dia, o puto media 54cm, e pesava 4,700kg. Grandinho, o prematuro.

- Na farmácia, em que o miúdo estava um pouco aborrecido e a resmungar, vira-se uma senhora de idade "menina, isso deve ser vontade de ver as luzes, dê cá que eu pego nele". Só lhe respondi "não".

- No shopping: "tão lindo! É adoptado?" Nem respondi. Fiquei com cara wtf.

- No centro de saúde: "posso pegar? É que eu nunca tive filhos". "Não".

- Ainda no centro de saúde: "ai coitadinho, está a dormir aqui com este barulho... Deve ser surdo!".

- Na padaria, ao fim da tarde: "menina, tem de por uma agulha debaixo do carrinho, senão não pode sair com ele tão pequenino".

- Novamente no centro de saúde, quando ele foi fazer o teste do pezinho, e eu tinha saído do hospital há 2 dias, mal me podia mexer: "com o menino tão pequenino já está grávida de outro?".

Digam-me, dá para aguentar? Que falta de chá, de tudo. Depois queixam-se que eu tenho mau feitio...


7 comentários:

Sofia disse...

Eu vinha dizer que o pior era mesmo desconhecidos te pedirem para pegar no bebé... mas olhando para todos os comentários, não consigo nomear 1 pior! São todos muito maus à sua maneira!!!

Váaaa, eventualmente podes ver o lado positivo da pergunta "é adoptado?".
Quer dizer que estás tão bem que nem aparentas ter tido um bebé à pouco mais de 1 mês. :)

Jovem $0nhador@ disse...

Eu acho que fazia um olhar de má e eles nem falavam para mim...

Carla Tato disse...

Sim ja ouvi disso tudo e ainda ouço algumas :/ gente sem noção é o q é. E o fazerem festinhas na cara da miuda??? Oh pah NÃO!!!!! Sei lá onde aquela gente andou com as mãos....
Mas ate lhe consigo explicar a primeira

Morango Azul disse...

Adorei essa do " gravida de outro".
Tens que levar na desportiva!!!
Bjs

Imperatriz Sissi disse...

Bom, as pessoas são um poço de conteúdos. Ainda bem que há blogs. Mas às crendices acho graça, talvez porque a avó tinha bastantes...

Teresa disse...

Posso perguntar a região do País onde mora?????? É que deve ser (e desculpe),o sítio onde deve haver gente mais BRONCA por metro quadrado!!!!!!´Fui mãe duas vezes e nunca ouvi nada disso!!! Boa Sorte!!

cinquentinha disse...

Pessoas sem noção nenhuma!
A do 'adotado', então! :OOO