sábado, 22 de fevereiro de 2014

Beco sem saída

Estou num beco sem saída a nível profissional. Cheguei à conclusão de que decididamente não quero nem posso aguentar mais os abusos, as horas de trabalho infinitas, o stress que começa a deixar em mim marcas físicas.
Estou a começar a temer pela minha saúde, e não me parece que isso resulte de uma relação laboral saudável. Estou constantemente extenuada e sem energia.
O meu problema, como é o de muitos, é que não encontro nada alternativo. As ofertas de trabalho são escassas e são inúmeras as pessoas que concorrem para apenas uma vaga. A maior parte dessas pessoas até se encontram em condição de desemprego, e eu, que tenho um emprego, até me sinto "culpada" por poder vir a tirar o lugar a alguém que precisa mais do que eu. Mas a verdade é que não aguento muito mais.
Faça eu o que fizer, o trabalho não acaba. Este fim-de-semana espera-me mais uma jornada de trabalho. Nem sei se me devia "queixar" porque afinal tenho emprego quando muita gente não tem.
Mas também mereço aspirar a melhor.
Encontro-me actualmente em dois processos de recrutamento, sendo que num deles passei, depois de várias fases intermináveis, à fase final. Estão a concorrer comigo mais 3 pessoas. E este era mesmo o emprego que eu anseio e sei que me faria feliz e realizada a nível profissional. Também sei exactamente como me irei sentir se não for seleccionada... Nem quero pensar nisso.
Torçam por mim.

6 comentários:

Lois Lane disse...

Estou exactamente como tu. Quando me queixo alguma pessoas tb me dizem que devia dar graças a Deus por ter um emprego. Mas eu acho que não pode ser desculpa para nos sujeitarmos a tudo, por causa de um miserável ordenado no final do mês. Também ando sempre a ver anúncios e a concorrer. Espero que não demore muito a conseguir. Boa sorte para ti! :)

Morango Azul disse...

Boa sorte.

A Página Trinta disse...

Já é teu!
Tenho a certeza!!:):)
Beijinhos***

A Mocha disse...

Boa sorte :) Quem mto luta sempre alcança!

cinquentinha disse...

Vai correr pelo melhor ;)

Portuguesinha disse...

Been there.
A stab through the heart!
(waiting for a reply is devastating but receiving a NO is like a stab through the heart!)